Masan envia proposta. Leia o comunicado da Diretoria do SAAERJ
A Masan enviou proposta ao Sindicato sobre o Acordo Coletivo 2016/2017. Os trabalhadores dessa empresa devem entrar em contato pelos telefones da nossa Sede, (21) 2516-8868 ou (21) 2263-9806. Ou podem se manifestar em nossa página no Facebook, por meio de MENSAGEM. Leia abaixo o comunicado da Diretoria do SAAERJ.

Rio de Janeiro, 29 de junho de 2016.

A C O R D O

Prezados trabalhadores da empresa Masan Serviços Especializados, que trabalhem nas escolas pertencentes à Secretaria de Estado de Educação (SEEDUC) e nas escolas ou creches pertencentes aos Municípios, todos do Estado do Rio de Janeiro;

Em reunião solicitada pelos representantes da empresa, foram apresentadas as seguintes propostas de reajuste e renovação de nosso Acordo Coletivo de Trabalho a seguir:

1 – Reajuste de 5,54% (cinco vírgula cinquenta e quatro por cento) sobre os salários legalmente devidos em fevereiro/2016, retroativos à março/2016, com as diferenças de março até julho pagas na folha de pagamento do mês de julho de 2016;

2 - Reajuste de mais 5,54% (cinco vírgula cinquenta e quatro por cento) sobre os salários legalmente devidos em fevereiro/2016 a partir da folha de pagamento de setembro de 2016, completando um reajuste total de 11,08% (onze vírgula zero oito por cento) nos salários pagos até fevereiro de 2016.

3 – Reajuste de 10% (dez por cento) do vale alimentação e/ou cesta básica, elevando o valor total para R$ 154,00 (cento e cinquenta e quatro reais) por mês.

4 – Reajuste de 10% (dez por cento) sobre o valor total do incentivo à assiduidade, totalizando R$ 66,00 (sessenta e seis reais) a cada 90 dias de trabalho, nos termos do Acordo anterior.

5 – Os trabalhadores já demitidos a partir de 1º de março de 2016, e que venham a ser dispensados até o dia 31 de agosto de 2016, farão jus ao reajuste de 11,08% no salário, para efeitos de cálculo das rescisões contratuais, obrigando-se a empresa a efetuar as rescisões complementares dos colaboradores dispensados até a data da assinatura deste Instrumento Coletivo.

Solicitamos que nossos representados, auxiliares de administração escolar, entrem em contato e se manifestem se estão favoráveis à proposta enviada ao Sindicado pela Masan, ou se discordam destes termos, ATÉ O DIA 20 DE JULHO DE 2016.

A Diretoria.
 
Ministério do Trabalho atende solicitação de mediação do SAAERJ e chama Masan para reunião em julho
Atendendo à solicitação do nosso Sindicato, a Superintendência Regional do MTE no Rio convocou Mediação entre o SAAERJ e a Masan para tratar do descumprimento das obrigações trabalhistas da instituição. A reunião está marcada para as 14h do dia 20 de julho próximo.

Veja aqui email enviado ao SAAERJ pelo MTE.
 
Empregado da Masan: Jurídico do SAAERJ pede documentos para cobrar a multa de 10% + 1% por dia de atraso nos salários
O Departamento Jurídico do nosso Sindicato avisa aos empregados da Masan Serviços Especializados Ltda., e também aos ex-empregados recentemente demitidos, para que enviem para o Sindicato, o mais breve possível, os documentos comprobatórios do atraso no pagamento de salários.

De posse desses documentos, o SAAERJ cobrará na Justiça a multa de 10% pelo descumprimento do ACT, acrescida de 1% por cada dia de atraso no pagamento de salários, ambos previstos no Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) registrado no Ministério do Trabalho e Emprego. Estes valores de multa e juros de mora serão revertidos para o próprio empregado lesado.

Os documentos abaixo podem ser enviados por e-mail (para douglas@saaerj.org.br), ou podem ser entregues nas subsedes do Sindicato ou diretamente no Depto. Jurídico do SAAERJ, no Centro do Rio:

- Contracheques referentes aos meses que tiveram pagamento de salário em atraso (principalmente os de fevereiro/2016 e março/2016);

- Extratos bancários, onde constam a exata data do recebimento desses salários (mês subsequente ao trabalhado).

Defenda seus direitos. Participe!
 
SAAERJ cobra Masan por atraso de pagamento
Em ofício enviado à Masan em 15 de abril, o Sindicato cobrou da empresa a regularização dos pagamentos dos trabalhadores. Lembrou, inclusive, que o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), devidamente registrado no Ministério de Trabalho e Emprego, prevê a incidência de multa de 1% ao dia, em favor do trabalhador, no caso de atraso de pagamento, e que, como essa multa também não vem sendo paga, sobrevém outra multa, de 10%, pelo não cumprimento daquela cláusula do ACT.

“É nosso entendimento que este atraso é oriundo da demora no repasse do governo do estado, em uma crise sem precedentes, mas de toda forma o trabalhador precisa comer, pagar seu aluguel, suas contas. Se constatarmos que o atraso virou uma prática, recorreremos à Justiça do Trabalho”, declarou Elles Carneiro, presidente do SAAERJ.

Clique para ler o ofício
 
SAAERJ responde a reclamações e dúvidas dos funcionários da Masan
Durante a assembleia realizada no dia 27 de fevereiro nas dependências do SAAERJ, além de aprovada a pauta reivindicatória a ser apresentada à Masan, alguns funcionários expuseram reclamações e dúvidas sobre vale-transporte, incentivo à assiduidade e recebimento de material. Vamos às respostas obtidas pelo Sindicato:

- Recebimento de material nas creches municipais – A Masan já oficiou o município que exige que o auxiliar de administração escolar receba os materiais por ele enviados, esclarecendo que esta tarefa cabe exclusivamente ao funcionário público correspondente, o qual também deve conferir e fazer o respectivo relatório;

- Vale-transporte - A empresa esclareceu que está cumprindo as regras do Programa do Bilhete Único, com os valores atualizados;

- Incentivo à assiduidade - A Masan enviou listagem completa com nomes e valores de quem tem direito ao benefício;

Caso ainda haja reclamações em relação aos problemas relatados, os empregados podem entrar em contato direto com o SAAERJ. O Sindicato aproveitará as reuniões que estão sendo agendadas com a empresa para tratar do novo Acordo Coletivo de Trabalho (vigência 2016/2017) para resolver também este assunto.
 
SAAERJ apresenta sugestão de pauta para AGE com Masan
Em preparação para a Assembleia que acontece neste sábado, dia 27 de fevereiro, o Sindicato elaborou sugestão de pauta de reivindicação.

Clique para ver a pauta sugerida aos trabalhadores da Masan
 
Masan: convocada AGE de revisão salarial para 27/2 às 9h
O SAAERJ divulgou edital convocando os funcionários da Masan para a Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 27 de fevereiro, sábado, às 9h, na sede do Sindicato (Rua dos Andradas, 96 - 7º andar - Centro/RJ). Em pauta, a revisão salarial para 2016. Compareça!

Clique para ler o edital
 
Caos nas finanças do Governo Estadual atrasa repasses e terceirizados ficam sem pagamento
É o caso da Masan, que vem afligindo milhares de trabalhadores
Os auxiliares de Administração Escolar e demais funcionários terceirizados que atuam na rede estadual de educação estão sofrendo os efeitos do caos financeiro instalado no governo do Estado do Rio. Como o estado não repassa o que deve às empresas prestadoras de serviço, essas não estão conseguindo pagar seus compromissos com os trabalhadores.

Este parece ser o caso, por exemplo, da Masan Serviços Especializados Ltda., que possui muitos funcionários prestando serviços terceirizados na rede estadual e não paga os salários devidos desde o dia 7 de dezembro último. Também o vale-refeição não está sendo pago. A crise pega em cheio os trabalhadores justo no período das confraternizações de fim de ano, trazendo tristeza e aflição a milhares de famílias.

– Como sempre, a corda estoura do lado mais fraco, prejudicando os funcionários que não têm culpa alguma pela caótica situação financeira do Estado do Rio. O governador Pezão precisa dar uma posição aos trabalhadores. Nosso sindicato está solidário com os funcionários e cobra do governador uma atitude urgente – ressaltou o presidente do SAAERJ, Elles Carneiro.

Não havendo o pagamento nas datas limites, o SAAERJ vai buscar todas as perdas causadas à categoria profissional.
 
Auxílio Assiduidade: Masan informa regularização do pagamento

Em resposta ao e-mail enviado pelo SAAERJ em 22 de outubro, e à reunião subsequente, a Masan informou que o primeiro pagamento será efetuado no dia 05/11. Os pagamentos até dezembro de 2015 serão creditados no cartão Alimentação; a partir de janeiro de 2016, será providenciada uma nova modalidade de pagamento através do cartão prêmio. Veja os detalhes no documento abaixo.

Clique aqui para ler a resposta da Masan

 
Veja aqui o ACT