Gama Filho condenada por atrasar salários
 
A ação que o Sindicato move contra a Gama Filho por pagamento de salários fora do prazo legal foi julgada procedente e a ré condenada a multa diária de R$ 50,00 em favor dos empregados por cada dia de atraso. É fundamental que os empregados que não recebam até o 5º dia útil subsequente ao mês trabalhado denunciem o fato ao Sindicato, para que a multa possa ser cobrada.